O mineiro Vanderlei Lourenço é o novo presidente da Fundação Cultural Palmares

Natural de Alvinópolis, em Minas Gerais, o presidente da Fundação Cultural Palmares (FCP), Vanderlei Lourenço, é advogado, graduado em 2003 pela PUC-MG. De 2015 a 2018, foi coordenador-geral do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra da FCP. Possui ampla experiência de gestão na Administração Pública, tendo exercido funções executivas nas áreas do Meio Ambiente, Saneamento, Controladoria, Recursos Humanos e Cultura.

É autor de cinco livros: Visão de Adolescente (poesia), Primavera em Dezembro (poesia), Lírios para Maria (poesia), A casa do silêncio (poesia) e Quarador (poesia). Participou de diversas antologias e foi premiado em concursos literários.

Membro da Federação de ex-alunos Salesianos, atuou na Pastoral Afro de Belo Horizonte e coordenou atemática étnico-racial durante a elaboração de Programas de Governo nos níveis municipal, estadual e federal. De 1997 a 2012, trabalhou na Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, onde ocupou diversos cargos. De 2014 a 2015, foi coordenador geral de Administração de Pessoas do Ministério da Agricultura. Antes de se unir à equipe do Ministério da Cidadania, era chefe da Assessoria Parlamentar do Ministério dos Direitos Humanos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s